Qual a periodicidade para limpeza de coifa industrial

por | ago 31, 2021 | Dicas, Legislação, Limpeza | 0 Comentários

Entender a necessidade e qual a periodicidade para limpeza de coifa industrial é fundamental para a devida manutenção desse equipamento, essencial para filtrar a gordura e fumaça, além de dissipar o odor pelos ambientes.

Uma coifa bem limpa significa uma coifa com vida útil ainda maior, evitando assim gastos para troca ou conserto. Por isso é imprescindível apostar na higienização periódica, de acordo com indicações de órgãos reguladores, para manter tudo em ordem em cozinhas industriais.

Para se ter uma ideia, toda a empresa que trabalha com refeições é obrigada, por lei, a possuir um sistema de exaustor, coifas e dutos em suas instalações.  Do mesmo modo, as mesmas legislações exigem que se faça a manutenção adequada, dentro do tempo certo, desses mesmos aparelhos.

Conheça neste artigo qual a periodicidade para limpeza de coifa industrial e demais informações pertinentes para o cuidado desses importantes equipamentos.

Importância da limpeza da coifa industrial

As coifas são fundamentais para garantir a segurança do ambiente, dos trabalhadores e dos clientes que frequentam o local. Elas evitam que a fumaça e a gordura, na hora do preparo dos alimentos, se espalhem por todo o espaço. Além disso, são equipamentos que ajudam a diminuir o cheiro dos alimentos.

Como a utilização da coifa é praticamente diária, seja na residência ou no estabelecimento comercial, o acúmulo de resíduos é inevitável. Ao realizar a limpeza todos os dias, pode-se eliminar sujeiras superficiais, o que é importante para garantir a manutenção rotineira. Contudo, ao longo do tempo de uso, microorganismos e partículas de gordura acabam se alojando ao longo da estrutura, tanto internamente como externamente.

Por isso, quando a coifa e os dutos ficam um longo período de tempo sem uma manutenção pesada, o filtro pode entupir e perder sua funcionalidade plena. Caso isso ocorra, na hora do preparo dos alimentos, o ambiente pode ficar tomado por fumaça, gordura e odores, deixando o local impregnado e exposto ao acúmulo de microorganismo para todos os lados.

Quais os riscos de não realizar a limpeza da coifa? 

Os riscos pela falta de manutenção e limpeza da coifa são inúmeros. Pode comprometer a segurança do local, dos colaboradores e até mesmo dos clientes.

O estabelecimento pode acabar sendo contaminado por fungos, bactérias e outros microorganismos infecciosos, oferecendo riscos à saúde de todos os envolvidos.  Além disso, caso o equipamento ofereça condições, ele pode ser um potencial hospedeiro de pragas urbanas como baratas, formigas, moscas, ratos, entre outros.

Em piores situações pode ocorrer o sufocamento pelo excesso de fumaça ou até mesmo acontecer um incêndio por problemas relacionados ao mal funcionamento do filtro da coifa.

Todos esses problemas podem impactar diretamente na saúde financeira da empresa, podendo se tornar um sério problema para os negócios. Fora que o estabelecimento pode acabar sendo enquadrado na lei em caso de denúncias ou fiscalização pelos órgãos competentes.

Não deixe chegar a esse ponto. Conte com a ajuda da Ecoserviços para a limpeza adequada do sistema de exaustor e de coifa de seu estabelecimento ou de sua cozinha residencial.

Qual a periodicidade para limpeza de coifa industrial

Depois de entender o funcionamento da coifa, o que acha de entender qual a periodicidade para limpeza de coifa industrial?

O tempo para esse tipo de manutenção é estabelecido por lei e caso não seja respeitado pode gerar dor de cabeça aos proprietários de lanchonetes e restaurantes.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) é responsável por uma legislação completa sobre a manutenção de ambientes industriais, como cozinhas e os equipamentos que fazem parte dela.

No caso de estabelecimentos comerciais como restaurantes, padarias, lanchonetes, fast-foods, entre outros, é extremamente importante realizar a limpeza dentro do prazo para evitar problemas, como:

  • Multas;
  • Paralisação das atividades comerciais;
  • Incêndios e explosões.

No Brasil, podemos citar a Lei 10083 de 23 de setembro de 1988 e a Lei 8080/90 de 19 de setembro de 1990, que possuem portarias específicas sobre a utilização desses equipamentos e demais especificidades.

Podemos citar como as mais importantes as seguintes portarias:

  • MS-1428 de 26 de novembro de 1993;
  • MS-326 de 30 de julho de 1997;
  • CVS – 1 DITEP de 13/01/98.

De acordo com a regulamentação, a coifa precisa ter um material liso, possuir boa resistência, assim como oferecer facilidade na hora de promover a limpeza. Além disso, não pode em hipótese alguma estar com gotejamento de gordura.

Dito isso, veja abaixo qual a periodicidade da limpeza de coifa em industrial, pautadas nas regras presentes na ABNT NBR 14518:

  • Cozinhas industriais – A cada 4 meses
  • Cozinhas residenciais – A cada 6 meses
  • Cozinhas em geral – A cada 4 meses

Para realizar a manutenção e limpeza correta da coifa industrial, conte com a Ecoserviços, empresa com mais de três décadas de expertise. Além da limpeza profissional, nossa empresa anexa a garantia e o certificado de ambiente adequadamente higienizado.

Conclusão

Está há tempos sem limpar as coifas e os exaustores? Não deixe o problema se agravar ainda mais.

Sistemas completamente tomados por gordura podem ser extremamente prejudiciais para quem faz e consome os alimentos, além daqueles que somente estão presentes no local. Além disso, não fazer a manutenção correta pode fazer com que seu estabelecimento leve uma multa e seja até mesmo fechado pelos órgãos reguladores.

Ligue EcoServiços

Compartilhe esse artigo com quem precisa saber disso. Até uma próxima!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.