Como espantar morcegos do forro e do telhado

por | ago 31, 2021 | Dedetização, Dicas | 0 Comentários

espantar morcegos do forro

Aprender como espantar morcegos do forro e do telhado com segurança é fundamental para evitar ataques e problemas com a recorrência desses animais no local.

Ao primeiro sinal de infestação por morcegos, é necessário ficar em alerta e logo chamar uma empresa responsável pela remoção dos animais.

Saiba que é importante manter os morcegos longe do convívio humano, principalmente os da espécie hematófagos, que se alimentam basicamente de sangue.

Os morcegos hematófagos são mais comuns em ambientes rurais. Já os frugívoros (que se alimentam de frutas) e os insetívoros (que se alimentam de insetos) são encontrados principalmente nas cidades.

Vale destacar que os morcegos do tipo hematófagos podem transmitir raiva, doença que, muitas vezes, é fatal para os seres humanos, ou seja, é melhor evitar uma aglomeração desses mamíferos em forros e telhados.

O que acha de entender melhor sobre os morcegos e como espantá-los? Acompanhe o artigo! 

Características de morcegos que se abrigam em telhados/forro

Os morcegos são mamíferos e pertencem à ordem Chiroptera. De modo geral, são sinantrópicos, por isso conseguem se adaptar e viver junto com seres humanos sem qualquer problema.

No mundo todo existem cerca de 1.300 espécies de morcegos. Já no Brasil, são cerca de 180 espécies. São os únicos mamíferos que conseguem voar.

Em geral, os morcegos vivem cerca de 30 anos e não possuem natureza agressiva, sendo assim só atacam caso se sentirem ameaçados.

Com hábitos noturnos, adoram locais com pouca ou nenhuma iluminação, então tendem a se abrigar em forros e telhados, sobretudo durante o dia. À noite eles costumam sair para buscar alimento.

A alimentação dos morcegos varia de espécie para espécie. Algumas delas se alimentam de frutos, néctar e pólen, enquanto outras comem pequenos animais vertebrados, inclusive os próprios morcegos.

Existem também, morcegos hematófagos que se alimentam de sangue. No planeta existem 3 tipos dessa espécie. Uma delas se alimenta de sangue humano e as outras duas de sangue de aves.

No Brasil inteiro, o tipo de morcego hematófago está presente, principalmente a espécie Desmodus rotundus. No entanto, a maioria das espécies presentes no território brasileiro se alimenta de frutas e folhas.

Perigos decorrentes dos morcegos

Como falamos anteriormente, as principais espécies de morcegos presentes no Brasil se alimentam de frutas e folhas. Dessa maneira, o perigo maior da presença deles em casas e demais ambientes é a contaminação por doenças que carregam em seu corpo.

Os morcegos possuem a capacidade de carregar uma grande quantidade de vírus, bactérias e fungos e por isso algumas enfermidades podem ser transmitidas por eles, como a raiva e a histoplasmose.

Caso perceba o morcego em atividade durante o dia, tenha bastante cuidado, pois esse é um dos indicativos que ele está infectado com o vírus da raiva. Não se trata de uma atividade normal para a espécie, então significa que ele tem algum problema de saúde.

Lembre-se também que matar morcegos é proibido pela legislação brasileira. Uma das razões para isso é porque são animais que exercem funções primordiais na manutenção da fauna e flora dos biomas de nosso país.

Morcegos estão protegidos pela Lei de Proteção à Fauna (Lei n° 5.197, de 3 de janeiro de 1967). Segundo os biólogos, esses mamíferos alados controlam a população de insetos, polinizam flores e espalham sementes, sendo a principal espécie reflorestadora do mundo.

Por esse motivo, não tente colocar veneno no forro de sua casa ou remanejar os morcegos sozinho. Procure ajuda especializada para isso, garantindo que a lei será seguida e que você e sua família estão seguros. A Ecoserviços oferece o serviço de captura e soltura de morcegos, estando em forros, telhados ou demais espaços urbanos.

Como evitar morcegos no telhado/forro

Os morcegos não gostam de locais bem iluminados, por isso, uma boa sugestão para evitar a presença deles no telhado e no forro é aumentar a luz do ambiente.

Trocar as telhas de cerâmica por opções transparentes, por exemplo, podem ajudar a espantar os bichos. Esse tipo de telha pode ser encontrada em lojas de material para construção.

No caso de ambientes onde a parede é de pau-a-pique, arquitetura presente principalmente em áreas rurais, é importante evitar buracos e revestir a parede com reboco de boa resistência.

Além disso, apostar em uma tela passarinheira durante a construção do telhado, as chances de ter problemas com morcegos é muito pequena.

Uma opção moderna para evitar a presença do animal no telhado ou forro é investir em mão de obra qualificada para melhor instalação de barreiras físicas (tela, gesso, espuma expansiva, fita alumínio, passarinheira, alvenaria, etc). 

Como espantar morcegos no telhado

Caso apenas um morcego entre dentro de sua casa, o mais adequado é molhar um pano, colocá-lo na ponta de um rodo ou vassoura, abrir as janelas e tentar espantá-lo com calma, sem atacar o animal de forma agressiva.

Quando se trata de morcegos já alojados no telhado, uma opção é apostar no uso de iluminação artificial, instalando lâmpadas no local até que os voadores deixem o ambiente.

Uso de equipamento especial Termonebulizador, aplica fumaça com óleo mineral de uso profissional no forro telhado para o desalojamento dos morcegos, seguindo todas as normas de segurança e cuidados com o animal.

Após ter a certeza de que os animais não estão mais no telhado, tampe todos os buracos possíveis com telas de arame, madeira ou alvenaria para que eles não retornem.

No entanto, o mais adequado quando se nota a presença de morcegos no telhado, é contar com uma empresa especializada em dedetização, higienização e captura consciente de animais de ambientes, como a Ecoserviços.

O atendimento da Ecoserviços consiste em fazer uma revista técnica para identificar o nível da infestação, qual espécie está presente no forro e no telhado, qual o ponto de entrada e saída dos morcegos do abrigo.

Em seguida, os profissionais mapeiam qual a oferta de alimento e quais são as condições favoráveis para a estadia dos morcegos no ambiente. A empresa segue todos os protocolos previstos em lei, preservando a vida do animal e corroborando para a saúde das pessoas que residem no local.

Conclusão

E então, você sofre com a presença de morcegos no forro ou no telhado de sua residência? Não espere o problema ficar maior. Os bichos podem se reproduzir, aumentando a população dentro do local, o barulho incômodo e a sujeira.

Chame a Ecoserviços para ajudar você a espantar morcegos do forro e do telhado com segurança, seguindo a lei e garantindo proteção para que eles não retornem mais.

Ligue EcoServiços

Esperamos que tenha gostado do artigo. Deixe seu comentário caso tenha dúvidas e compartilhe com quem está passando por esse problema!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.